Câncer do Intestino

Introdução

Com o aumento da expectativa de vida do povo brasileiro, as neoplastias vêm ganhando cada vez maior importância no perfil da mortalidade do país, ocupando o segundo lugar como causa de óbito e configurando-se como um problema de saúde pública. Neste texto, o câncer do cólon e reto, encontra-se entre os dez primeiros tipos de câncer mais incidentes no Brasil, tanto no sexo masculino como no feminino.

No entanto, muitas dessas mortes poderiam ser evitadas. Ao observarmos a história natural do câncer do intestino, verificamos que esta propicia condições ideais à sua prevenção e detecção precoce, uma vez que na maioria das vezes evoluem a partir de lesões benignas, os pólipos adenomatosos, após um período de 10 a 15 anos.

O objetivo é reduzir a incidência e a mortalidade por câncer no Brasil através da conscientização da população quanto aos fatores de risco para o câncer, e a detecção precoce dos cânceres passíveis de rastreamento e tratamento precoce.

anterior | Página 1 | próxima

Desenvolvido por:www.ocramsistemas.com.br